Câncer de fígado – tipos, sintomas e tratamentos

O câncer de fígado é uma doença que apresenta poucos sintomas e seu diagnóstico precoce é fundamental para aumentar de forma considerável as chances de cura do paciente.

Existem de maneira geral, dois tipos básicos de câncer de fígado, sendo um deles originado no próprio órgão e o outro metastático, tendo origem em outra parte do corpo e posteriormente atingindo o fígado.

Tipos de câncer de fígado

Alguns dos tipos mais comuns de câncer primários e secundários no fígado são:

 

  • O hepatocarcinoma é o câncer primário no fígado. Esse tipo de doença é mais comum em homens, onde atinge o ranking de quinto tipo de câncer mais comum. Para as mulheres, esse número cai para sétimo. Apesar de sua taxa de mortalidade não muito elevada, se não diagnosticado nos primeiros estágios da doença, o hepatocarcinoma se torna extremamente perigoso.

 

  • A Metástase Hepática é um tipo de câncer secundário e se desloca de outro local do corpo e acaba atingindo o fígado do paciente. Cerca de 35% de todos os casos de metástase estão localizados no fígado, tornando essa região de bastante risco. A metástase acontece geralmente nos estágios mais avançados de outro câncer, e por isso é mais comum que o paciente já tenha acompanhamento médico antes mesmo do aparecimento da doença. Os tumores que mais causam metástase no fígado são aqueles que se originam no aparelho digestivo (estômago, intestinos, pâncreas)

 

Sintomas do câncer de fígado

 

A grande maioria das doenças no fígado não costumam ter sintomas muito claros e destacados e o câncer de fígado não é exceção. Porém, apesar dessa característica, existem alguns sintomas que podem se destacar, como por exemplo:

  • Icterícia – Amarelamento da pele e da área branca dos olhos;
  • Dor no abdome – Principalmente do lado direto;
  • Dores no corpo – O paciente também pode se sentir cansado e perder o apetite, causando uma diminuição também do peso.

 

Esses sintomas podem variar de paciente para paciente e em alguns casos específicos, a doença pode vir acompanhada de dores agudas na região do abdome, além do amarelamento de fezes e clareamento da urina do paciente. É preciso ter muito cuidado, já que grande parte dos sintomas do câncer de fígado se assemelham aos sintomas de outras doenças, como cirrose e hepatite.

 

Fatores de risco e agravantes

 

Existem algumas doenças que podem contribuir para o aparecimento do câncer de fígado, incluindo cirrose e também as hepatites B e C. Outro fator que pode agravar a incidência da doença é o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

A imensa maioria dos casos de câncer de fígado acontecem em pacientes portadores de cirrose. Por isso a melhor maneira de prevenir o câncer de fígado é prevenindo as doenças que causam cirrose.

 

Tratamento do câncer de fígado

 

No caso dos dois tipos de câncer, o tratamento é feito através de uma combinação entre cirurgia e quimioterapia / radioterapia, sendo que cada um dos tratamentos se complementa. Cada caso deve ser avaliado por um médico especialista, que vai instituir junto com o paciente uma melhor estratégia para combater a doença.

 

Para que o tratamento de câncer de fígado se torne mais eficiente, é fundamental que se faça o diagnóstico precoce. Por isso, os pacientes que apresentam os fatores de risco devem se consultar com frequência, evitando que a doença evolua para um quadro mais grave.

 

Marque hoje mesmo sua consulta!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa Newsletter

Sobre nós

Somos um casal de cirurgiões que trabalha junto há mais de 10 anos, com 800+ procedimentos de alta complexidade realizados.

SER - Clínica Oncológica

Telefone: (91) 3249-8012Endereço: Passagem Euclides da Cunha, 50, Batista Campos, Belém, PAVer no mapa

Santa Casa de Misericórdia do Pará

Atendimentos pelo SUS através de encaminhamento da rede de saúdeEndereço: Av. Generalíssimo Deodoro, 1, Umarizal, Belém, PAVer no mapa